Nova rotina de trabalho dos brasileiros

A rotina de milhares de brasileiros mudou drasticamente no último mês por causa do Coronavírus, um vírus altamente transmissível e sem cura definida. Por isso, diversos estados no Brasil começaram a quarentena, fazendo com que a população ficasse o maior tempo possível dentro de suas casas. Desse modo, muitos trabalhadores tiveram que mudar seu dia a dia e precisaram se adaptar ao chamado ‘home office’.  

Uma pesquisa da empresa de monitoramento Hibou, em parceria com a plataforma de dados Indico, revelou que seis em cada dez brasileiros estão trabalhando em casa devido ao CoronaVírus. Essa prática, que não era muito comum para muitos, acabou ganhando espaço nos lares repentinamente, porém, é preciso saber como realizar o trabalho de forma disciplinada e leve. Para isso, é importante criar uma lista com todas suas tarefas diárias e seguir uma rotina para não se distrair com televisão, redes sociais ou familiares.  

A assistente de planejamento Mônica de Magalhães é uma das pessoas que teve que mudar sua rotina de trabalho durante a pandemia do Covid-19. Como mora em Niterói e trabalha no Rio de Janeiro, Mônica não tem acesso aos meios de transporte – por não trabalhar em uma profissão essencial – e, por isso, precisou começar a trabalhar em casa. “No início achei que eu não ia conseguir dar conta da minha demanda, já que nunca havia trabalhado de casa. Porém, minha empresa nos ajudou com os sistemas e hoje consigo fazer tudo normalmente. Agora sei que o importante é manter uma rotina para não acumular tarefas”.

Ela conta que para conseguir conciliar suas atividades de casa e seu trabalho, acorda todos os dias às 7h e cumpre os horários como se estivesse fora de casa. “Mesmo conseguindo falar com meus colegas e realizar reuniões com todos, sinto falta do ambiente de trabalho. Poder conversar nos intervalos e almoçar em conjunto faz muita falta no dia a dia”.

Para que as atividades continuem acontecendo de forma organizada, é imprescindível que os chefes e coordenadores das empresas consigam se comunicar com seus funcionários. Guilherme Billio Jenkel, coordenador do Gabinete do Meio Circulante do Rio de Janeiro, também teve que mudar seu cotidiano devido à pandemia do novo Coronavírus. Ele afirma que, mesmo distante de seus subordinados, não há impedimento em cumprir as tarefas e prazos. “Hoje existem diversos recursos tecnológicos que permitem aproximar servidores à distância- como reuniões virtuais, e-mail, Whatsapp e o ramal remoto. A responsabilidade dos envolvidos é fundamental para um bom resultado”, diz Jenkel.

Por isso, é necessário que as empresas consigam oferecer os mesmos meios que os funcionários utilizam na empresa. Assim, as tarefas podem ser realizadas de maneira integral mesmo em casa. Ainda de acordo com Jenkel, o Banco Central do Brasil disponibilizou ferramentas suficientes e adequadas para ser dada continuidade às atividades desenvolvidas sob a coordenação dele, além das reuniões virtuais que substituíram adequadamente as presenciais.

Ele aponta que a maior dificuldade é conseguir se manter concentrado no trabalho estando em casa e que é importante que os familiares entendam a nova rotina e assimilem uma nova postura diante a situação. “O bom relacionamento em família é crucial”, afirma.

Por Thainá Frazatto (Oficina Multimídia em Jornalismo)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s