Projeto do Sesc Rio, Café Virtual promove encontros online para idosos

Devido à pandemia do novo coronavírus e a prática do isolamento social, o Serviço Social do Comércio (Sesc) adotou encontros virtuais do tradicional “Chá da tarde”, uma atividade que reúne cerca de 60 idosos para um momento de lazer com bate-papo, música e lanches. As reuniões costumavam acontecer sempre na última sexta-feira do mês, mas agora, de forma online, acontecem todas as quartas-feiras e aos domingos.

A adaptação ocorreu no mês de março e vem sendo realizada dessa forma desde então. O encontro até ganhou um novo nome: “Café Virtual”. Nas primeiras edições, os participantes estavam compartilhando sua rotina durante o confinamento. Agora a ideia é voltar aos assuntos mais leves que eram debatidos nas reuniões presenciais.

A analista técnica Priscilla Blini, que é funcionária do Sesc, viu nos encontros online uma oportunidade de minimizar a solidão que o distanciamento social causa, além de promover um novo espaço de diálogo e socialização entre os idosos. “Tomar o cafezinho já é uma prática adotada para uma aproximação com eles e, em tempo de isolamento, estamos nos reinventando para não deixar de atender um dos grupos mais vulneráveis neste período, por isso surgiu a ideia do café virtual”, explica.

Para a aposentada Patrícia Cota, que faz atividades no Sesc há cerca de oito anos, a realização das reuniões online tem sido ótima. “Sempre fui uma pessoa com a vida social intensa, e essa pandemia me deixou sem saber o que fazer. Com o surgimento do Café Virtual, eu posso matar a saudade das minhas amigas. Nos encontramos, tomamos café ou chá juntas e falamos sobre os problemas e o que estamos sentindo durante esse momento”, conta.

De acordo com Priscilla Blini, as atividades também ajudam a quebrar barreiras digitais, já que muitos participantes, que não se sentiam capazes de utilizar internet, agora estão mais seguros no ambiente. Apesar disso, ela afirma que a conectividade com o idoso ainda é um desafio por conta do conhecimento limitado das ferramentas, ainda que os profissionais do Sesc prestem suporte para ensiná-los sobre as configurações do programa utilizado nos encontros.

Essa iniciativa foi criada dentro do Trabalho Social com Idoso (TSI) do Sesc RJ, projeto que incentiva uma maior qualidade de vida a pessoas com mais de 60 anos, através de uma programação diversificada com atividades que estimulam o corpo e a mente. Por conta do fechamento temporário das unidades do Sesc, muitas atividades estão migrando para o ambiente virtual.

Por Maitê Rodriguez, Clariana Dantas e Paulo Victor (Oficia Multimídia em Jornalismo)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s