Pesquisadores da UVA monitoram impactos do isolamento na poluição

Como é de conhecimento mundial, a vida das pessoas foi fortemente afetada pela pandemia que está ocorrendo no momento, e uma de suas consequências para a população foi o isolamento social. Durante esse período, um grupo de pesquisa coordenado pelo professor Cleyton Martins, do curso de Engenharia Ambiental, Planejamento e Gestão Ambiental da Universidade Veiga de Almeida do campus Tijuca, estudou as consequências dessa estratégia governamental e seus impactos na qualidade do ar da cidade do Rio de Janeiro.

A pesquisa observa que, com a pandemia do Covid-19 e as medidas adotadas para o controle e contenção da doença, houve uma diminuição das emissões de poluentes atmosféricos, principalmente por conta do menor número de veículos circulando nas ruas, basicamente, veículos leves.

O estudo realizado por Martins e sua equipe apresenta dados de estações de monitoramento e foi publicado em uma revista científica internacional denominada “Covid-19 e a gestão de RH: impactos e transformações”, em abril deste ano. “Como a maioria das empresas no país é formada de micro e pequenos negócios, grande parte destes empreendedores, gestores e/ou profissionais de RH carecem de informações aplicadas sobre os impactos da crise nessa área. Muitos deles também não sabem administrar bem as relações de trabalho e nem os processos de RH”, esclarece o professor.

Entre as conclusões, eles observaram também que existe outro tipo de poluente atmosférico – o ozônio, que não teve um decréscimo, mas sim um aumento significativo no Rio, assim como em diversas cidades do mundo, mas ainda não se sabe o real motivo desse aumento. Mesmo havendo uma melhora na qualidade do ar, causada pela diminuição de alguns poluentes atmosféricos, esse aumento não foi tão relativo pelo fato da quantidade de ozônio na atmosfera ter aumentado, por isso o grupo de pesquisa da UVA continua monitorando os impactos do isolamento no ar, para tentar entender o aumento do ozônio no mundo.

Por Bárbara Barth, Clarissa Lomba e Nathalia Caroline (Oficina Multimídia em Jornalismo)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s